Alocação de recursos

Os aspectos éticos são um importante elemento no processo de tomada de decisão. A ética sendo considerada como o estudo da justificativa das ações, ao contrário do direito e da moral, não se baseia em regras, mas busca pesquisar o que é correto ou incorreto, adequado ou inadequado. A importância destes aspectos éticos fica mais evidente quando esta decisão envolve a alocação de recursos escassos. Não se pode tomar decisões baseando-se apenas em fatos. Os valores são componentes respeitáveis deste processo.

A alocação de recursos em Bioética pode ser classificada, quanto ao âmbito onde ocorre,  em macrobioético e microbioético. O processo decisório macrobioético baseia-se na vontade geral, como definida por Rousseau, é uma decisão pública, tomada através da via política. O processo decisório microbioético, por seu lado, baseia-se na vontade individual, constituindo-se numa decisão privada, pessoal.

A abrangência das decisões, por seu turno, podem ser divididas em dois grupos: macroalocação e microalocação. A  macroalocação não se refere a qualquer pessoa em particular, mas visa atingir a todo um grupo de indivíduos. A microalocação refere-se especificamente a um caso em particular, a um indivíduo específico e identificável.

 

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s