Integridade da Pesquisa

A expressão “integridade da pesquisa” vem entendida como a esfera total dos deveres éticos a que o cientista está submetido ao realizar suas atividades propriamente científicas.

Isso inclui o conjunto dos deveres derivados de valores éticos universais que é o respeito à integridade física, psicológica e moral dos seres humanos e do interdito (não especificamente científico) de submeter animais a tratamento cruel. E deveres derivados de valores éticos especificamente científicos, isto é, um pesquisador deve sempre visar a contribuir para a construção coletiva da ciência como um patrimônio coletivo, deve abster-se de agir, intencionalmente ou por negligência, de modo a impedir ou prejudicar o trabalho coletivo de construção da ciência e a apropriação coletiva de seus resultados.

A integridade da pesquisa científica deve basear-se em valores, tidos como fundamentais pela comunidade científica internacional, tais como: honestidade, confiança, justiça, respeito e responsabilidade.

A honestidade se refere aos dados, aos resultados e a todas as ações decorrentes do ato de pesquisar.

A confiança está presente na relação entre os próprios membros da equipe de pesquisa, na relação entre o pesquisador e os participantes da pesquisa, na garantia da confidencialidade das informações.

A justiça garante que a constatação de uma diferença não gere um comportamento discriminatório por parte dos cientistas em relação às pessoas pesquisadas que fazem parte desse grupo.

O respeito, decorrente do valor da justiça, se evidencia quando um pesquisador tem uma atitude adequada perante todas as pessoas que se relacionam às atividades de pesquisa.

Responsabilidade é intrínseca às ações desempenhadas por todos os membros da equipe de pesquisa e, de forma mais abrangente ao pesquisador principal, que assume esse valor em toda a sua extensão.

Goldim, José Robert. Fraude e integridade na pesquisa. Disponivel em:<http://www.dicyt.com/noticia/fraude-e-integridade-na-pesquisa&gt;. Acesso em:11 de maio de 2017.
Santos, Luiz H. Lopes. Sobre a integridade ética da pesquisa. Disponivel em: <http://www.fapesp.br/6566&gt;. Acesso em:11 de maio de 2017.
Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s