Abuso

O texto base mostra que existem muitos tipos de abuso, dentre eles o abuso de crianças, idosos e a violência doméstica que seria o mais complexo, já que a vitima protege o agressor para sustentar a relação.  E o fisioterapeuta por ter um constante com idosos, crianças, etc… Tem um papel importante em identificar esses sinais de abuso e tomar as decisões necessárias.

Nem sempre o abuso acontece por violência, a negligência também é uma forma de abuso. Isso é mais comum com os idosos, uma vez que os cuidadores podem deixar de fazer atividades básicas da vida diária. O artigo “Prevalence of elder abuse: a systematic review” concluiu que existe substancial variação de prevalência entre os países, parecendo haver uma variável cultural importante. Como o número de idosos é crescente no mundo, são necessários mais estudos de base populacional representativos dessa faixa etária para melhor compreensão do fenômeno.

Recentemente (28/04) aqui no Brasil durante uma manifestação um estudante de 33 anos foi agredido covardemente por um policial, o estudante teve o seu crânio afundado e teve que ser internado na UTI por causa do ferimento. Isso é um exemplo claro de abuso de autoridade, o policial não tinha necessidade de quebrar o cassetete na cabeça do estudante, os policiais ainda quiseram negar socorro a vitima, se não fossem os bombeiros ele poderia ter morrido.

Referencias: Artigo, “Prevalence of elder abuse: a systematic review”, Cybele Ribeiro Espíndola.   http://www.repositorio.unifesp.br/handle/11600/3639

Vídeo que mostra o exato momento da agressão: https://www.youtube.com/watch?v=H2QgdSbBsLU  (a partir de 0:35 segundos)

Texto de Rodrigo Lopes.

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s