Vida e Morte

 

De acordo com o Cristianismo a eutanásia é condenada como violação da lei de Deus, ofensa à dignidade humana e um crime contra a vida. Entretanto, isto não quer dizer que se tenha de preservá-la a todo custo, prolongando a agonia e o sofrimento. O conflito sobre o que seriam tratamentos ordinários e extraordinários ainda continua.

No Direito Brasileiro, a eutanásia é vista como homicídio, portanto, ilícita e imputável, mesmo que a pedido do paciente (Artigo 66/1988). A morte termina a existência de uma pessoa e, com isto, cessam seus direitos; mas o paciente terminal, mesmo que em agonia, mantém a personalidade jurídica, pois ainda vive.

Apesar disso, o fim da vida de um doente terminal é pleno de dores, sofrimentos, de angustias e incertezas, neste sentido,concordo com a opinião de Kovács 2003, a eutanásia seria o alívio do sofrimento, pode ser visto como ato de humanidade e justiça. Para aquelas pessoas que tem consciência e certeza da atitude que estão prestes a tomar.

Como profissionais da saúde devermos ter em mente que cuidado é a pedra fundamental do respeito e da valorização da dignidade humana, sobre o qual tudo o mais deve ser construído. É no cuidar que mais expressamos nossa solidariedade para com os outros, e é por esse caminho que toda relação terapêutica, enquanto tal, deveria se caracterizar, mas de forma especial neste contexto crítico de final de vida.


Kovács, Maria Julia. “Bioética nas questões da vida e da morte.” Psicologia USP. 2003: 115-167.
Pontes, Angela Cristina, et al. “Bioética e profissionais de saúde: algumas reflexões.” Bioethikos. 2007: 68-75.
Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s