Meaningful life and death

A morte é a única certeza que temos nessa vida. Apesar de ser um fenômeno natural, e que ocorrerá a todos, ela ainda é um evento que a maioria dos seres humanos (em especial os ocidentais) têm dificuldade de lidar. O assunto é evitado, negado e indesejado. Chega a ser um tabu.  Além de toda censura que a morte carrega para “pessoas comuns”, no pensamento biomédico, a morte muitas vezes ainda leva consigo o título da ineficiência do profissional de saúde.

Visto então a dificuldade que nós, como seres humanos temos em lidar com a morte, como nós, fisioterapeutas, podemos lidar com um assunto tão delicado? Segundo Marques, Oliveira e Marães, apesar das diferenciadas formas de vivenciar a morte dos pacientes, os profissionais da área da saúde não são preparados para lidar com a certeza da própria morte, e consequentemente eles não sabem lidar com a expectativa e a concretização da morte do paciente.

Os autores sugerem então a necessidade de investir no preparo destes profissionais. Para eles, uma revisão da mentalidade da sociedade visando desconstruir a imagem negativa sobre a morte  deve ser iniciada; além de considerar um suporte contínuo para os profissionais que atuam com a morte, em ambientes como hospitais. Uma ampla discussão no âmbito dos profissionais da saúde e da sociedade é também necessária para o aprimoramento no tratamento do fenômeno da morte. Estudos que envolvam tanto as ciências humanas quanto as ciências biológicas são de grande contribuição para discutir a morte e todas as suas peculiaridades.

Além dos aspectos citados pelos autores, para mim, é muito importante que o aluno tenha em sua formação um espaço para discussão com professores e colegas a respeito da morte, de como dar a notícia aos familiares e como se solidarizar frente ao luto; visando preparar os alunos para quando um acontecimento como este surgir.

 

Referências:

MARQUES, A. F.; OLIVEIRA, D. N.; MARÃES, V. R. F. S. O fisioterapeuta e a morte do paciente no contexto hospitalar: uma abordagem fenomenológica

Postado por: Laura Nolasco Garcia. UFMG / Brasil

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s