Ética e profissionalismo

Profissionalismo é definido como o conjunto de características que compõe um profissional, formado por suas competências, responsabilidades e ética, no que rege o seu campo de trabalho. Ele é a chave para a construção de uma carreira de sucesso no trabalho.

Segundo Nilson José Machado, existem três ingredientes fundamentais responsáveis pelo profissionalismo: a competência técnica (pois é impossível ser um bom profissional sem o conhecimento necessário naquela área), o comprometimento com o público e com as normas e a ética do local de trabalho e a capacidade de autorregulação do exercício profissional.

Em relação ao primeiro ingrediente, é preciso que o profissional seja capaz de reconhecer suas limitações, assumir a responsabilidade de acordo com sua competência e, continuamente, aumentar o seu conhecimento e habilidades técnicas. Os profissionais éticos sentem-se obrigados a se manter competentes e a oferecer os melhores serviços possíveis aos clientes, consumidores e sociedade.

Para o último fator, as associações de classe são extremamente importantes, especialmente no que tange as questões de natureza ética. Aqui no Brasil, existe o COFFITO, que é o Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, que é um órgão do governo responsável por “normatizar e exercer o controle ético, científico e social das atividades da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional”. Por ser um país muito grande, existem ainda conselhos regionais, que são chamados CREFITOs (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional).

Esses órgãos apresentam um código de ética, que deve ser seguido por todos os profissionais que aderem àquela classe.  Ele trata dos deveres do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional, no que tange o controle ético do exercício de sua profissão.

Comumente, profissionais que seguem essas normas são considerados competentes, ou com um bom profissionalismo.  Eles geralmente são “respeitados por sua energia, intuição, visão, convicção, humildade, paixão e evidência de aprendizado contínuo”.

“O profissionalismo é um compromisso de vida para a competência, excelência, valores honráveis, padrões, ética, bom caráter e determinação, entre outras características”.

Portanto, para que uma pessoa apresente profissionalismo, é preciso que ela siga o código de ética da sua profissão e aja sempre buscando o certo e o melhor para o seu paciente, no caso dos profissionais de saúde.

“A ética difere um bom profissional de um profissional” Bianca Carneiro

Fontes: http://www.pedagogia.com.br/artigos/etica/https://www.significados.com.br/profissionalismo/http://coffito.gov.br/nsite/

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s