Moral e ética

Quando nascemos não possuímos ainda um senso de moralidade, mas ao longo da vida vamos desenvolvendo… Nos primeiros anos, nossas atitudes e comportamentos são construídos através do nosso relacionamento com nossos pais e familiares, que nos ensinam o que é certo e errado e condicionados a aprovação deles. Como vivemos em uma sociedade que tem normas estabelecidas do que é certo e do que é errado, nossa noção de moralidade  deve também  estar associada às noções de justiça, ação e dever, a moralidade  assim é aplicável ao indivíduo, que é o agente moral, mas também poderia ser aplicada a sociedades.

Durante nossa vida acadêmica devemos desenvolver competências do saber fazer de nossa profissão, entender os processos fisiológicos do corpo humano, técnicas específicas para realização do tratamento fisioterápico, mas muito além disso devemos também saber conviver e saber ser, relacionar-se e comunicar-se com os demais.  Além disso, o agir ético profissional deve prevenir prejuízos ao paciente devido à falta de atenção, negligência.

Somos  responsáveis por sustentar nossos modos de lidar com as pessoas, com as coisas e com o mundo, que são constitutivos do lugar em que vivemos, que incluem as descobertas e todo avanço da ciência.

Por trabalharmos na área da saúde não devemos tratar o paciente como um objeto, sem cuidar dele como alguém que existe, que tem sua história, vontade, expectativas, desejos. Essa seria uma atitude irresponsável e não ética.

Advertisements

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s